Memórias do Concílio de Trento (2013)

Memórias do concílio de Trento: Elementos de micro-história
Curadoria: Lêda Deborah

Flavio Marzadro - Catálogo - Pagina 1

 

This exhibition sought to expand in Salvador da Bahia, Brazil, an increasingly current debate about the new socio-historical meanings and material possibilities of contemporary art in Western civilization. This debate underlies the artistic practice of promising young Italian artist Flavio Marzadro researching elements of microhistory and has produced a series of works that reflect his material research on artifacts and memories that make use of the microhistory.
For the artist, social events and changes may be better understood when consideration is also taken into local micro-scale, which refers to the range of uses and memory usage. Search the story from this other scale, the social relations that have been woven into a more macro context, means defending the complementarity of the dais scales deeper understanding of social facts.Flavio Marzadro has taken two years ago the Council of Trent as one of his most fertile artistic and investigative laboratories.
The Council of Trent, historical event giving rise to the Counter-Reformation of the Catholic Church and at the same time lays the conceptual foundations and aesthetics to the Baroque, is both a macroevento, who was able to reframe a significant part of Western history, but the same time, it was experienced by ordinary people or less common, they had their own anxieties, desires, artifacts, tools, ways of living and socializing, fears, relationship with its public spaces, behaviors, way of raising children etc.
Flavio Marzadro ♦ Insonnia del Cardinale Madruzzo ♦ 260cm x 130cmm ♦ Mixed media, 2010 ♦ Photo de Erivan Moraes
Flavio Marzadro ♦ Insonnia del Cardinale Madruzzo ♦ 260cm x 130cmm ♦ Mixed media, 2010 ♦ Photo de Erivan Moraes
In order to explore and understand this historical event, Flavio Marzadro fetches elements of micro history on the ground floor in the main church of the council I try, the Duomo di Trento or Duomo di San Virgilio, and the sidewalks of their surroundings. The floor is all artistically what was underfoot that historic event, because somehow condenses historicized one way to live, to walk, to preach, to dream and to transform nature and play the man.For this exhibition, curated by Leda Doborah selected and a set of the artist’s work Flavio Marzadro that poetically explores the relationship between man and his memories of use, Trentino between man and his memories of use in such a remarkable period of history to that society, but for the entire Western culture. This relationship is problematized through decontextualized presentation and revisited representations of artifacts that comprised the material culture or microhistory of the Council of Trent.

 

Quadro 12
Sublimazione Teologica II ♦ Mixed media, 2012 ♦ 130 x 260 cm ♦ Photo by Antonello Veneri

From this concept, the artist Flavio Marzadro search, in his own words, see, read, and speak poetically reveal about the meanings in things that are artifacts of material culture that are forgotten, invisible, out of habit, laziness or social blindness . For him, his artistic production, beuysiana influences, search suggest different modes of sign ownership of such things, something beyond a visiva review, because the forms of knowledge are also formal recognition of meanings.

Opening
Opening

The artworks assembled for this individual shows to provide fruídores art using new cognitive tools left in disuse since instigates such fruídores reconstruct the meaning of material their own culture, pushing the boundaries of socially constructed obviousness. in other words, we see what we are accustomed or trained to see, therefore, to decode and understand such complex realities like ours, full of artifacts and manufatos, just by reducing our surroundings easily perceived categories, bringing us many often reduce the ambiguity that distinguishes the work of art.

Esta mostra buscou ampliar em Salvador da Bahia um debate cada vez mais atual sobre os novos significados sociohistóricos e possibilidades matéricas da arte contemporânea na civilização ocidental. Este debate é subjacente à prática artística do jovem e promissor artista italiano Flavio Marzadro que pesquisa elementos de micro-história e vem produzindo um conjunto de obras que refletem suas pesquisas matéricas sobre artefatos e memórias de uso que conformam a micro-história. Para o artista, os fatos sociais e suas mudanças podem ser melhor compreendidas quando também é levada em consideração a escala local, micro, que se refere à escala dos usos e das memória de uso. Pesquisar a história a partir desta outra escala, a das relações sociais que foram sendo tecidas em um contexto mais macro, significa defender a complementaridade das dais escalas na compreensão mais profunda dos fatos sociais.

Flavio Marzadro vem assumindo há dois anos o Concílio de Trento como um dos seus mais férteis laboratórios artístico-investigativos. O Concílio de Trento, acontecimento histórico que dá origem a contrareforma da Igreja católica e ao mesmo tempo lança as bases conceituais e estética para o Barroco,  é o mesmo tempo um macroevento, que foi capaz de ressignificar uma parte significativa da história ocidental, mas, ao mesmo tempo, foi vivenciado por pessoas comuns ou menos comuns, que possuíam suas próprias angústias, desejos, artefatos, utensílios, modos de viver e conviver, medos, relação com seus espaços públicos, comportamentos, modo de criar as crianças etc. E para explorar e compreender este  acontecimento histórico, Flavio Marzadro vai buscar elementos de microhistória no chão, nos pavimentos da principal igreja do Concílio de Tento, o Duomo di Trento ou Duomo di San Virgilio, e nas calçadas de seus arredores. O chão representa artisticamente todo aquilo que estava sob os pés daquele acontecimento histórico, pois de certa forma condensa um modo historicizado de viver, de caminhar, de pregar, de sonhar e de transformar a natureza e interpretar o homem.

Para esta exposição, a curadoria de Lêda Doborah selecionou e um conjunto de obras do artista Flavio Marzadro que explora poeticamente a relação entre o homem e suas memórias de uso, entre o homem trentino e suas memórias de uso em uma período tão marcante da história para aquela sociedade, mas também para todo a cultura ocidental. Esta relação é problematizada através do apresentação descontextualizada e revisitada de representações de artefatos que compuseram a cultura material ou a micro-história do Concílio de Trento.

IMG_7161
Flavio Marzadro ♦ Scendendo le scale ♦ Mixed media, 2012 ♦ 80 x 60 cm ♦ Photo by Erivan Moraes

A partir deste conceito, o artista Flavio Marzadro busca, segundo suas próprias palavras, ver, ler, revelar e intervir poeticamente sobre os significados que estão nas coisas, artefatos da cultura material, que estão esquecidos, invisíveis, por hábito, preguiça ou cegueira social. Para ele, sua produção artística, de influencia beuysiana, busca sugerir modos diferentes de apropriação sígnica de tais coisas, algo para além de uma revisão visiva, pois as formas de conhecimento formal são também de reconhecimento de significados.

SONY DSC
Flavio Marzadro ♦ C’è ancora del miele da fare III ♦ Tridimensional aluminum ♦ 62 x 27 cm ♦ Photo Erivan Moraes

 

As obras de arte reunidas para esta mostra individual proporcionam aos fruídores da arte o uso de novas ferramentas cognitivas deixadas em desuso, pois instiga tais fruídores reconstruir o significado de sua própria cultura material, ultrapassando os limites socialmente construídos da obviedade. em outras palavras, nós vemos aquilo que estamos acostumados ou treinados para ver, pois, para decodificar e compreender realidades tão complexas como as nossas, cheias de manufatos e artefatos, acabamos por reduzir o nosso entorno a categorias facilmente percebidas, levando-nos muitos frequentemente a reduzir a ambiguidade que distingue a obra de arte.

 


The Exhibition Catalogue “Memória do Concílio de Trento: Elementos de Micro-história”

 

Flavio Marzadro - Catálogo - Pagina 1a
The Exhibition Catalogue – Pag 01-08
Flavio Marzadro - Catálogo - Pagina 2 e 3
The Exhibition Catalogue (Pg 02 – 03)
Flavio Marzadro - Catálogo - paginas 4 e 5 curvas
The Exhibition Catalogue (Pg 4 – 5)
Flavio Marzadro - Catálogo - Pagina 6 e 7
The Exhibition Catalogue (pg  6 – 7)
Flavio Marzadro - Catálogo - Pagina 8
The Exhibition Catalogue (Pg 8)

 


Discover some works

For this show, the curator Deborah Leda and the artist Flavio Marzadro selected 18 works of art that express, reveal and discuss microhistorical memories of using the Council of Trent fragments. The artworks were divided into three groups: a first group of stunning two-dimensional pictures in mixed media constructed from the material artifact paving the churches of the Council of Trent; a second group consisting of bas-reliefs in plaster and cement that make us dive in everyday and distressing feelings that period of strong socio-cultural transformation; and a third reflection on the process of artistic production itself artist.

Conheça algumas obras

Para esta Mostra, a curadora Lêda Deborah e o artista Flavio Marzadro selecionaram 18 obras de arte que expressam, revelam e discutem fragmentos micro-históricos das memórias de uso do Concílio de Trento. As obras de arte foram divididas em três grandes grupos: um primeiro grupo formado por impressionantes quadros bidimensionais em técnica mista construídos a partir do artefato material pavimentação das igrejas do Concílio de Trento; um segundo grupo formado por baixo-relevos em gesso e cimento que nos fazem mergulhar nos sentimentos cotidianos e angustiantes daquele período de forte transformação sociocultural; e um terceiro de reflexão sobre o próprio processo de produção artística do artista.

 


Educational Project: The influence of the Council of Trent in architecture and the arts

Projeto Educacional da Mostra: A influência do Concílio de Trento na arquitetura e nas artes

Flavio Marzadro CARTAZ A3 curvas
Poster of Education Project of this solo exhibition (2011/2012)

For this exhibition, the artist and researcher Flavio Marzadro designed and conducted a series of conferences associated with the same theme of the show: the influence of the Council of Trent in architecture and the arts.

Four tables of debate, one for each week of exposure duration, always on Wednesdays, with themes that complement and extend the proposal, all mediated by artist discussions were held.

  • 20/02/2013 The influence of CT in theology and history . Prof. Pe Gilson Magno (UFBa / Marist)
  • 02/27/2013 The influence of CT in architecture Prof. Dr. Eugenio Lins (UFBa) and Prof. Dr. Luiz Cardoso (UFBa)
  • 06/03/2013 The influence of CT in the arts Prof. Dra. Me. Neila Maciel (UFRB) and Prof.. Me. Monica Farias (UFBa)
  • 13/03/2013 The influence of CT in culture and Prof. letras- Dr. Maurício Matos (BFHI / UFBa and Prof. Dra.. Nancy Vieira

All discussion were mediated by Flavio Marzadro and were held in the Church of Santa Teresa, which integrates the architectural ensemble of the Museum of Sacred Art of UFBa.

The realization was still an activity of extension of the Graduate Program in Architecture and Urbanism of the Federal University of Bahia.

Flavio Marzadro - Divulga‹o Mostra

Para esta Mostra, o artista e pesquisador Flavio Marzadro projetou e realizou um Ciclo de Conferências associado ao mesmo tema da Mostra: a influência do Concílio de Trento na arquitetura e nas artes.

Foramquatro mesas de debate, uma por cada semana de realização da Mostra, sempre as quartas-feiras, com temas que se complementam e ampliam a discussão proposta, todas mediadas pelo artista.

  • 20/02/2013 – A influência do CT na teologia e na história – Pe. Prof. Gilson Magno (UFBA/Marista)

  • 27/02/2013 – A influência do CT na arquitetura – Prof. Dr. Eugênio Lins (UFBA) e Prof. Dr. Luiz Cardoso (UFBA)

  • 06/03/2013 – A influência do CT nas artes – Profa. Dra. Me. Neila Maciel (UFRB) e Profa. Me. Mônica Farias (UFBA)

  • 13/03/2013 – A influência do CT na cultura e letras- Prof. Dr. Maurício Matos (IHAC/UFBA e Profa. Dra. Nancy Vieira

Todas as mesas foram mediadas pelo artista e foram realizadas na Igreja de Santa Tereza, que integra o conjunto arquitetônico do Museu de Arte Sacra da UFBA. A realização foi ainda uma atividade de extensão do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia.

 


ARTICLES/Artigos

Jornal A Tarde 19-02-13 Cad 2+ p06
A Tarde Newspaper, Brazil, 19/02/2013

 

62524_0222
Correio da Bahia Newspaper, Brazil.

 

IICRIO Trento
Istituto Italiano di Cultura (IICRIO)

 

Others links:

Vita Trentina (italian newspaper)
A Tarde:
iBahia:
Tribuna da Bahia:
Aldeia Nagô:
Guia do Ócio:
Aratu OnLine:
Bahia Cultura:
Jornal da Chapada:
Salvador Acontece:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

onesmallpot

food and other morsels...