CYCLE OF CONFERENCES ON THE COUNCIL OF TRENT (DAY 2)

II mesa do Ciclo de debate “A influência do Concílio de Trento na Cultura Brasileira”

Acabou há pouco a II mesa do Ciclo de debates A influência do Concílio de Trento na Cultura Brasileira, na Igreja de Santa Teresa do Museu de Arte Sacra (Salvador, Ba). Com o título A influência do Concílio de Trento na Arquitetura, esta segunda mesa acolheu os prof. Eugênio Lins (UFB) e Luis Cardoso (UFBA), que apresentaram excelentes contribuições sobre o tema.

Eugênio Lins, Flavio Marzadro e Luiz Cardoso (27/02/2013) II Mesa do Ciclo de debates A influência do Concílio de Trento na Cultura Brasileira
Eugênio Lins, Flavio Marzadro e Luiz Cardoso (27/02/2013)
II Mesa do Ciclo de debates A influência do Concílio de Trento na Cultura Brasileira

 

O prof. Lins nos mostrou  a forte relação de codependência entre o Estado português e a Igreja, reafirmando a indissociabilidade dos mesmos, ressaltando que o Concílio de Trento promoveu uma profunda reforma no modo organizacional e no modelo de gestão da igreja, que passa de um modelo mais incremental para um outro mais estratégico e centralizador. Em suas palavras, “Trento é antes de mais nada a igreja se organizando e se reformando”. Ele defende que as relações entre igreja versos Estado foram se modificando ao longo da história, influenciando e dominando em diferente modos o âmbito social.

O prof. Cardoso dedicou a sua apresentação, recheada de belas imagens, a nos mostrar como as prescrições do Concílio de Trento tiveram impacto sobre a arquitetura das igrejas, mas, sobretudo, sobre o modo de se pensar a igreja. Para ele, “o discurso do Concílio de Trento vai contribuir para a aproximação do edifício da igreja ao modelo idealizado de um edifício que é um pouco o símbolo do barroco que é o teatro. Dentre as mudanças promovidas, destacou a funcionalidade e forma do coro, o qual deixou de ser um espaço localizado no mesmo nível do altar para localizar-se na entrada da Igreja, em um andar superior à nave, além de outras transformações como a refuncionalização do altar e a abertura da missa para os fiéis, retirando muitas vezes barreiras arquitetônicas que os separavam. O altar passaria, então, definitivamente a ser o palco da vida social e litúrgica que acontecia nas igrejas

Este Ciclo de debates acontece no âmbito da Mostra Memórias do Concílio de Trento: elementos de micro-história, de Flavio Marzadro.

A próxima mesa será dedicada ao tema das artes, com as profas. Malie Matsuda, Neila Maciel e Mônica Farias, dia 06 de março de 2013. Imperdível!

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s